quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL A TODOS VOÇÊS !!!!

De coração vos desejo muita saúde, muito amor e o desejo de serem toda a vida felizes.
Muitos abraços e beijos para todos os que me lêem e aturam as minhas ausências. Já lá vai mais de 1 ano e é sempre com emoção que leio os vossos comentários, que me preocupo quando se ausentam, fico feliz com a vossa escrita ou até choro com as vossas palavras de dor... por tudo isto muito obrigado a todos.

Feliz Natal

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Pontos de vida


Leves traços que nos conjugam.

Breves pontos que nos unem.

Longo caminho que percorremos.

Vasta a vida que nos acolhe.





Para todos os que me aguardam sempre com carinho.

Beijos ternos

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

domingo, 15 de novembro de 2009

E por fim...




Que desatino este, que me percorre

que agonia de sorte, a minha

que quero chegar ao cimo dessa torre

que me afogo nas tuas águas sozinha



Que ardente é essa tua capa

que força estranha essa linha

que me rebenta a esperança e me escapa

que me queimo nas tuas chamas sozinha



De tanto querer, me perco

De tanto querer, te julgo

De tanto querer, te imploro

De tanto querer, me encontro



E por fim... te deixo !
(escrito por mim)

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Se eu...

foto de Carlos Lima


Se eu fosse uma romã, queria que me comesses bago a bago, para me dares um prazer mais prolongado!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Acordem prá vida !




É engraçado, como algumas pessoas se acham importantes e mesmo indispensáveis na vida de outra, mesmo sem a conhecerem. Julgam elas que as conhecem, e será que são só elas que as conhecem mesmo? Ou a pessoa mais próxima também sabe dos pormenores e só não as demonstra por amor ou por comodismo?

Já li algumas vezes em blogs e hi5, alguém que se acha muito aberta nas suas relações virtuais, até mesmo sem nenhum pudor de se querer encontrar com esse ser que está do outro lado. Alguns acham até que sabem mais, do que a própria mulher, namorado ou marido do outrem, será?

As frases escolhidas são, Eu conheço-o, ele se abriu comigo! Ninguém sabe melhor o que ela quer senão eu. Eu podia lhe dar o que ele nunca teve. Quando teclamos, eu sei que ele está a ser ele mesmo.

Pode haver casos, e sei de casos em que arranjaram companheiro ou companheira e até casaram, mas continuo a achar que a maioria das pessoas que abrem blogs ou hi5 ou facebooks,com esta pretensão querem é sexo sem custos.

Afinal, e expliquem-me o que são essas pessoas que se expõem a fazer valer as suas habilidades sexuais , deixa de ser prostituição por não levarem dinheiro? E as pessoas que lhes dão conversa para obter esse serviço, já não sabem de antemão que vão ter aquilo que querem?

Aí tenho a certeza que sim, está tudo ali para um mesmo fim, acho até que há homens e mulheres que indiciam a outra que as amam e que as fazem se sentir valorizadas, e depois, dizem que lhes tê muito carinho e respeito , mas que cada um tem de seguir o seu caminho.

Não é a primeira vez, que dou por mim a pensar nisto, este meio de obter sexo fácil e barato é muito bom , mas não para todos, afinal as meninas e meninos de rua qualquer dia estão no desemprego, pois estas pessoas tão habilidosas disponíveis e boas samaritanas estão a tirar-lhes o lugar. Tem a vantagem, ainda por cima, de se poder escolher o produto com fotos reveladoras dos sítios corporais mais indicadores do bom sexo, e para todos os gostos.

A prostituição é um bem necessário , eu sei disso, há muita gente sozinha, que se sente feio/a e que não tem coragem de iniciar um relacionamento, tantos problemas, mas a minha questão é naqueles que têm família e procuram esse tipo de serviços, vão voçes achar que sou bota de elástico, posso ser, mas quem me garante a mim que a esposa ou marido que estão em casa um dia não poderão apanhar sida ou outra doença , como a hepatite ou doenças venéreas? Sabem que cada vez mais há mulheres na 3ª idade que lhes é diagnosticado sida , por causa dos seus maravilhosos maridos irem mijar fora do penico?

Acho que apesar de cada um ter os seus desejos, pancadas e taradices, não somos animais e devemos nos controlar, devemos preservar as pessoas a quem dizemos que amamos, e não lhes dar desgostos ou a morte.

Afinal quando nos juntamos com alguém, acreditamos nessa pessoa e não há dor maior que a pessoa sentir que viveu na mentira grande parte da sua vida.

Um dia alguém me disse que enquanto se está a gozar e a ter prazer não se pensa nas consequências, e enquanto se conseguir...depois logo se vê!

Essa frase a mim assusta-me.

Sei que há pessoas que se escondem na família que criaram, no trabalho e até no tipo de amizades que têm para não transparecer os verdadeiros seres que eles e elas são, alguns pedem sigilo e muita descrição em todo o processo.

Outros nem por isso têm o desplante de dizerem que são casados e que procuram X ou Y para encontros. Essas pessoas devem estar bem certas que não serão encontradas por pessoas conhecidas, mas o Mundo é pequeno.

Será que era uma bênção ser encontrado? Será que era um alivio alguém saber que a Z era lésbica ou o T bissexual ?

Pergunto-me por fim porque é que essa gente se acha tão importante no papel de prostituta ou prostituto em alguns minutos da vida de quem não conhece ? Será que têm a pretensão de se achar importantes na vida do outro? É estranho para mim, acho que estas pessoas têm muito pouco amor próprio e por isso são presa fácil. Acordem prá vida, só são lembradas quando precisam de ser usadas.


(desabafo meu)


sexta-feira, 23 de outubro de 2009

O meu alento




Nessa espuma branca me adormeço

ouvindo o bater da tua força,

cheiro a leve brisa do teu afago,

renovo a alma em cada onda,

bate o vento no meu cabelo,

de soslaio vejo uma gaivota,

sinto a paz em cada encontro,

e a atracção que me confronta,

és um misto de luz e cor,

algo desconhecido que me atrai,

alimentas, sacias a minha sede

e sábiamente sabes me dar prazer.





(escrito por mim)

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Desculpa



Em cada gota das tuas lágrimas, revejo aquele dia. Como sempre chegava à hora de jantar e colocava a chave na porta e dizia " Oiiiii ", tu corrias para ele, e com um sorriso aberto ele abraçava aquele pedaço de gente como que precisasse daquilo para o renovar.

Eu a fazer o jantar levava um beijo doce no pescoço, abraçava-me suavemente e contava os pormaiores do seu dia enquanto punha a mesa. Até parece que estou a ver o teu sorriso quando ele te punha ao colo para ires buscar os copos ao armário, ele te elevava quase ao tecto, e tu deliravas com isso.

Tantos anos se passaram , crescemos, e um dia as coisas foram diferentes.

A hora de jantar passou, tu não te levantaste do computador para o beijares e eu sentada na mesa caiam-me as lágrimas na comida fria, nem telefonei a saber o que se tinha passado.

Chegou em silêncio, não tirou o casaco nem me deu um beijo, sentou-se a meu lado e pediu desculpa...
(escrito por mim)

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Rosa encantada




Do meu corpo brotam ramos e folhas,


da minha pele verdes espinhos,


dos meus braços frescas e doces rosas,


dos meus lábios ternos carinhos.




Dos meus pés saiem longas e fortes raizes,


das minhas mãos um suave odor a limão,


da minha seiva o vinho vos faz felizes,


dos meus olhos o toque forte da paixão.




Esta flor rara que poucos viram,


que balança ao vento sem quebrar,


vive num eterno conto que lhe construiram,


onde se esgueira para nos fazer sonhar.




(escrito por mim)

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

A última gota



Bebo deste líquido transparente mas nauseabundo

Sorvo todas as moléculas nele existente,

E sem respirar, quando dou conta,

Nem te deixei um gole deste veneno.

Desta vez pensei em mim primeiro,

Não quero deixar de beber a última gota,

Tenho medo que não surta o efeito desejado...

O esquecimento!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Diana Krall - Look Of Love




O toque requintado de um lenço no ventre
O olhar de soslaio que vislumbra os seios
O sentir do brilho das estrelas quando se toca
O suster do suspiro quando se beija
O saber que esse tempo é só nosso
Não deixemos que isso acabe,
não deixemos que o olhar do amor morra!

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Palavras para quê??


Acordo em desatino balbuciando a medo o que sei, finco os pés na vida louca, e atiro palavras ao vento na esperança que um dia alguém ouça a minha sinfonia e me dedilhe como mereço.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Pormenores da confusão... entretanto e depois.

W.C grande




Quarto da Margô





Na sala




Aqui fica um cheirinho da revolução cá de casa.
Ainda tenho muito que arrumar mas dentro de uma semana estarei aqui de novo com vocês, beijinhos a todos e obrigado por continuarem à minha espera.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Fechado temporáriamente


Fechado para obras

Tenho tido muitos afazeres , a casa está um pandemónio, por isso tomei a atitude de fechar o blog também para obras!Para quem me lê e me gosta um grande abraço e espero que não esqueçam este meu cantinho. Depois das obras e das férias , voltarei com tempo, lá para meio ou fim de Setembro para reiniciar com calma o que gosto de fazer, escrever.

Até breve e boas férias

sexta-feira, 10 de julho de 2009

The man i love

Tenho a pretenção de seres só meu.
Tenho necessidade de te sorver até cair.
Tenho a vontade de te comer sem doer.
Tenho o saber de que trepar é prazer.
Tenho a mania de te querer dentro de mim.
Eu há muito encontrei o meu homem.
The Man I love.
(escrito por mim)




Ella Fitzgerald in The Man I love

sábado, 4 de julho de 2009

Actimel VS "leitinho"

Este post tem bolinha , por isso menores , façam o favor de ir a outro blog!!



É quase meio dia e meia e vinha no carro a caminho de casa , depois depois de ir comprar mais fita para fechar caixas, e dei por mim a pensar num artigo que tinha lido ontem na revista HAPPY,o tema é .."Porque traem os homens?".
Assim à partida todas as mulheres que lêem isto já estão a pensar...porque será ?? Com um ar maléfico e sabedoras dos apetites masculinos.
Pois bem minhas meninas, tirem daí essas ideias, eles não traem por sexo, ou pelo menos a maioria! NÃÃOOOO ??? Então vivo noutro planeta.
Não sejamos assim tão mázinhas, os meninos apenas sentem monotonia nos casamentos , ou relações amorosas e por isso nada melhor do que mijar fora do penico para as coisas melhorarem, pois é ,a base era mesmo essa, sem querer, eles despertam o sentido da sedução e do engate.
Portanto, depois de ler todo o artigo concluí que a insatisfação emocional, a falta de comunicação, auto-estima o sentir que o zézinho está vivo, são as razões, mas calma o sexo não é nada importante, até porque 88% desses homens até admitiu que as amantes não eram melhores na cama do que as próprias companheiras!! OK , mas vamos ver , como é que saberiam isso se não experimentassem, coitados , assim nunca teriam a certeza de tal coisa.
Vamos culpar a rotina, vamos desancá-la com todas as nossas forças, para termos uma desculpa de nos sentirmos abandonados e com a auto-estima em baixo, e assim não nos sentirmos tão culpados.
O engraçado disto, é que com as amantes as coisas são bem diferentes, jantares fora, porque a "Maria " está em casa com os putos, dormidas em hotéis ,motéis e afins sem o problema do puto entrar ou ouvir coisas, e a desgraçada à espera que a reunião acabe, fins de semana de grandes "trabalhos" e "reuniões" que nem tem tempo para atender o telemóvel e a estúpida em casa a passar a ferro e a limpar a casa, e umas prendinhas , como flores , bombons e um anel que há mulher não se lembra de dar pelo menos desde o último aniversário.
Atenção que acredito que haja mulheres que façam o mesmo e os desgraçados com um valente par de cornos , mas muito felizes!!
Ora caramba, se fossem todos levar na peidola faziam bem melhor, que tal chegar do emprego meter os putos em casa da sogra e ir jantar fora ? Que tal marcar um fim de semana com a companheira de jornada para reavivarem o que sempre sentiram um pelo outro? Que tal pedir à mãe para ir buscar os filhos à escola , passar pelo emprego e a levar a um motel de estrada ? Que tal a meio da tarde mandar um ramo de flores à esposa ou escrever uma carta a dizer o quanto a ama e o preocupa?
Afinal , não é isso que fazem com as amantes? Será que por nós mulheres estarmos casadas , eles acham que perdemos a vontade da sedução e do desejo? Será que lá por estarmos todos os dias juntos, não queremos ouvir coisas como ,és boa como o milho! ou só tu me fazes trepar as paredes? nós mulheres casadas estamos vivas meus meninos, nós mulheres casadas de muitos anos não queremos só o mau humor, o ver as coisas desarrumadas ou a queca ao fim do dia como por obrigação do dever cumprido!!! Queremos que nos seduzam também, já experimentaram antes de arranjar uma amante, ou estarem na net com uma gaja a passar o cu pelo monitor e tipo cães no cio a babarem-se, olharem para nós como amantes e não como queridas fofinhas que estão à disposição de todos os vossos caprichos?
Tenho a certeza que essas ditas atracções, desses tão grandes desejos e valorizações de auto-estima, em dois dias desaparecia se vissem como são vocês no dia-a -dia.
Outra coisa que me intriga e que acho que tenho estado a perder um grande negócio, é o grande interesse pelo "leitinho" dos amantes!
Acho que a Actimel tem de se pôr a pau, se eu um dia monto uma fábrica com uma centena de gajos a produzir o dito "leitinho" e a comercializar, acho que vou dar cabo que centenas de empregos por este país fora.
Se voçês repararem, nos filmes pornográficos, mesmo aqueles que só têm uns segundos , o mais importante daquilo tudo é mostrar ao grande público que sai dali qualquer coisa, e então nada mais maravilhoso do que cagar a cara ou as mamas da gaja com o "leitinho...que desperdício, acho que deviam ser punidas por tal desperdício, porque se formos a quase todos os blogs eróticos, textos em sites, e até livros, aquele suco é divinal, eu tenho ideia que aquilo até deve ressuscitar um morto...agora estão vocês a dizer , ai que púdica , queres ver que nunca o fizeste!!! Isso vocês nunca o vão saber .
Não sou nenhuma anja , até porque nem tenho asas, mas acham que aquilo é o néctar dos deuses como já ouvi falar, então sou mesmo burra, a sério que estou a pensar seriamente em comercializar aquilo!! Até porque as amantes ...TODAS... fazem coisas que às vezes as ditas esposas não fazem , por isso logo à partida tinha de ter umas gajas que são muito liberais e num vê se te avias aquilo era aos litros por dia.
Como boa investidora, já me informei com a concorrência do Actimel...eles têm 10 sabores, por isso além dos variados gostos de fluidos de cada homem teria de arranjar umas especiarias ou corantes , para ser ainda mais sugestivo e haver ainda mais variedade, outra coisa que já pensei foi nos frascos, teriam de ser tudo ligado a coisas sexuais, tipo : cus, pénis, pepinos e tomates...
Ah claro que no fim de todos os relatos , tudo acabou em sexo......hummm que estranho, nunca eu imaginaria tal coisa!
Se me meter no negócio, com os lucros imensos em breve vão ter notícias minhas.
Já pensei em garrafões de 5 litros para as mais viciadas e um acordo com a louça das Caldas da Rainha , acham que ficava mal??


Por último começo a pensar em quantas mulheres desesperadas andaram em hi5, facebook, orkut ou MSN e outros que tais , a falar com os maridos como sendo umas mulheres sensuais e sem preconceitos para terem um pouco daquilo que mereciam na realidade...é triste meus amigos, é triste, mas confesso que acredito nisso 100%.
Beijos e abraços para quem me lê e merece o meu respeito , para os outros e outras que aqui vêm e que desprezo por serem aquilo que são e fazem sem mesmo eu saber, um das caldas para acalmarem as passarinhas !!

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Hoje

( não é a nossa , mas está muito parcecida)

Hoje acordei diferente, ou pelo menos senti-me diferente , nem perguntem porquê parece que de vez em quando a minha cabeça fica pesada e o meu coração apertado, eu e o meu amor , fomos ao banco tratar do empréstimo e daqui a uns dias temos a casa vazia, em alguns sítios já faz eco, deve ser por isso!!!
Por vezes parece que a minha cabeça anda á voltas e não tem fim, não consigo explicar, algo me puxa para coisas que não fazem sentido.
Já ontem sentia dores no peito, fui trabalhar com o meu marido , ele tem andado assoberbado de trabalho e andamos cansados, fui fazer-lhe companhia, trabalhar ao fim de semana é horrível.
Temos a casa virada do avesso e isso faz com que a calma não reine neste lar de doidos, parece que fomos assaltados e está tudo por todo o lado, deve ser stress.
Temos esta semana para desmanchar móveis e colocar as ultimas coisas em caixas.
Depois vou ficar desligada do blog durante uns dois meses, já agora não tenho andado com veia para escrever, só me sai bagunça pelos neurónios , quanto mais durante as obras!

Boa semana para todos, e lá vou eu encaixotar mais coisas...xau!

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Interessante

Recebi este mail e apesar de já ter recebido outros semelhantes não deixo de ficar pasmada com esta massa cinzenta que temos na cabeça !!!

Ora leiam...
De aorcdo com uma peqsiusa
de uma uinrvesriddae ignlsea,
não ipomtra em qaul odrem as
Lteras de uma plravaa etãso,
a úncia csioa iprotmatne é que
a piremria e útmlia Lteras etejasm
no lgaur crteo. O rseto pdoe ser
uma bçguana ttaol, que vcoê
anida pdoe ler sem pobrlmea.
Itso é poqrue nós não lmeos
cdaa ltera isladoa, mas a plravaa
cmoo um tdoo.
e ainda...
35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R4 N15TO! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 4 TU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3S F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! A TU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!
BOM FIM DE SEMANA PESSOAL

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Coisas do coração


Quando sentires o coração vazio e a certeza que nada faz sentido

Escuta o seu cantar sofrido


Faz-lhe companhia e sente o seu bater

Pinta-o de novo de cores alegres



E sem dares conta, um dia...


Transbordará de alegria

(escrito por mim, imagens da net)

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Sei


Sei da cor do teu cabelo,

sei da cor do teu olhar,

sei da cor do teu segredo,

sei da cor do teu amar.

Sei do cheiro do teu suor,

sei do cheiro do teu querer,

sei o cheiro do teu frescor

sei o cheiro do teu prazer.

Sei do toque da tua mão

sei do toque da tua língua

sei do toque da paixão

sei do toque que me dá vida.

(escrito por mim)

domingo, 21 de junho de 2009

Bom domingo!
























Dois alentejanos encontram-se e diz um para o outro:
- Compadre, onde vai com esse tractor cheio de estrume?
Responde o outro:
- É para pôr nos morangos.
Diz o primeiro:
-Eh lá compadre… Então o compadre nunca experimentou com natas?

*****

- Boa tarde. Faça o favor de se sentar, minha senhora.
- Boa tarde, Dr. Com licença.
- A minha empregada já fez a sua ficha, mas diga-me como se chama.
- Maria da Luz.
- Então e de que se queixa a Sr.ª Dona Maria da Luz?
- Ai Dr. É que eu tenho um problema mas... não fico muito à vontade e nem sei como começar.
- Não tem nada que se envergonhar, seja o que for. Os médicos não julgam ninguém.
- Dr. eu levanto-me e sinto logo umas coisas, uns calores, uma vontade muito grande...
Sabe?... Só me passa fazendo amor, mas como o meu marido sai cedo de casa eu vou à janela e chamo o primeiro que passar. Fazemos amor e fico quase bem... para ficar completamente calma tenho que chamar outro daí a um bocado.
Da parte da tarde é a mesma coisa,...faço amor com três ou quatro e lá me aguento até à noite.
Ando com um bocado de vergonha e muito inquieta por não saber o que é isto...
O Dr. sabe o que tenho?... É alguma coisa má???...
- Bom, pelos sintomas trata-se dum distúrbio do comportamento sexual a que se chama ninfomania. Não se preocupe que nós vamos...
- Chama-se como?
- Ninfomania!
- Ninfoquê, Dr.?
- Ninfomania, nin-fo-ma-nia.
- OK! Mas o Dr. não se importava de escrever o nome aí num papel, para eu mostrar lá no meu bairro a quem me chama de puta?

******

TUDO NA VIDA É RELATIVO.

Fim de tarde, um ginecologista aguarda a sua última paciente que está atrasada. Depois de 45 minutos, ele supõe que ela não já virá e resolve tomar um Gin Tónico para relaxar antes de enfrentar o trânsito e voltar para casa.Instala-se confortavelmente numa poltrona e começa a ler o jornal, quando toca a campainha.


É a tal paciente, que chega cansada e pede mil desculpas pelo atraso.
- Não tem importância, não fique preocupada! - Responde o médico - Olhe, eu estava aqui a saborear um Gin Tónico enquanto a esperava. Quer fazer-me companhia e também tomar um também para relaxar?

- Aceito com prazer - responde a paciente aliviada.

Ele serve-lhe um copo, senta-se à sua frente e começam a conversar. De repente ouve-se um barulho de chave na porta do consultório. O médico tem um sobressalto, levanta-se bruscamente e diz:

- É minha mulher! Rápido, tire a roupa, deite na cama e abra as pernas, senão ela ainda pode pensar noutra coisa!

****

Um médico, depois de ver a história clínica do paciente, pergunta:
- Fuma?
- Pouco.
- Faz bem. Quanto menos melhor. Bebe?
- Pouco.
- Ainda bem. Pratica desporto?
- Não posso. Tenho lesões antigas.
- Pois, é pena. E sexo, pratica com frequência?
- Muito pouco.
- Isso é que não pode ser. Se não pratica desporto, deve compensar fazendo muito sexo. Vá para casa e pense bem nisso...
Ele foi para casa, contou à mulher o que o médico lhe tinha dito e, de seguida foi tomar um banho. A mulher, esperançosa, enfeita-se, perfuma-se, põe o seu melhor baby-doll e fica à espera dele, numa pose toda provocante. Ele sai do chuveiro, perfuma-se cuidadosamente, começa a vestir-se, e a mulher, surpreendida, pergunta:
- Aonde é que vais?
- Não ouviste o que o médico me disse?
- Sim, por isso mesmo estou aqui, já prontinha para... tu sabes!
Então ele responde:
- Ah, Francisca, Francisca, lá estás tu outra vez com a mania dos remédios caseiros...

E divirtam-se

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Mobilidade




Como eu queria correr, saltar e andar na praia descalço.

Hoje apenas penso nisso, já chorei muito.

Amanhã será outro dia e depois outro.

E no futuro já não me lembrarei mais da falta do sentir.
(escrito por mim)

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Caixas e mais caixas

* esta não é a nossa casa , mas está parecida


Acho que de hoje em diante não vou guardar mais porcarias, aquela coisa do" um dia pode servir ou fazer falta" aqui em casa não vai existir mais...LIXO!

Vocês nem imaginam as coisas que tenho deitado fora, reciclado e dado para diversas instituições...chegou ao cúmulo de ter uma revista de Maio de 1996 , do ano em que a minha filha mais nova nasceu, incrível!

Descobri um bordado a ponto cruz inacabado , que era para pôr na parede do quarto à 17 anos atrás...acho que agora se o fosse colocar na parede do quarto da mais velha , ela não iria achar muita graça, com o dia de nascimento, peso e medida dela hehehehehehehe.

Mais incrível ainda a quantidade de fotos que ainda não tenho nos álbuns, também têm fotos assim?E a carrada de negativos? Será que valerá a pena guardar negativos de fotos que nunca mais vamos revelar? O que vale é que de há uns anos para cá está tudo no computador , senão teria uma pilha delas até ao tecto, meu Deus.

A cada dia de arrumação uma novidade, ontem foi o dia do móvel que está perto da cozinha, é mais ou menos o armário da confusão, pode-se até dizer que está lá de tudo um pouco, é a loja dos trezentos cá de casa, desde toalhas, coisas de costura a medicamentos ...vale tudo. Ontem descobri o cesto que as minhas filhas levavam para o infantário com o almoço e lanchinho, OHHHHH que pena deitei-o fora rsrsrsrsrs.

Outras coisas que deixam saudades , como por exemplo o taco de Snooker que dei ao meu marido em principio de casados, tantas vezes eu de barrigão da Mafalda íamos jogar snooker...bons tempos, que ainda tínhamos o tempo todo para nós , que não havia computador,só os amigos a sério entre nós! Tempos de grandes patuscadas, como fomos os primeiros a casar aquela casa era uma festa e saídas ...muitas.

Ah precisam de lãs? Ontem descobri que tinha um cachecol começado talvez á uns 14 anos , a lã e as agulhas estão aqui , a vontade de reiniciar é que não, por isso deitei o pedaço feito para o lixo e as lãs acho que vou atear na lareira hehehehehehe.

Como veem é só coisas boas e lindas, espero que vos tenha aguçado o apetite para fazerem arrumações na vossa casa.


Beijinhossssssssssssss

terça-feira, 16 de junho de 2009

Ensinar a reciclar




Peguei numa folha velha


vi e imaginei que nela fazer.


Nada me ocorria,


rascunhos e arabescos,


mil cores usei.


Os seus olhos brilhantes


esperavam a surpresa.


Dobrei,revirei e tornei a dobrar


que colorido ficou


o barquinho de papel.


As suas pequenas mãos,



ajudaram o barco a navegar



e reflectido nos seus olhos,



a alegria de reciclar.




( poesia infantil escrito por mim )








quinta-feira, 11 de junho de 2009

UUUFFF!!!

(imagem da net)




Não sei se já repararam , mas estou um bocado ausente deste meu espaço...é que estou de férias com o maridão e ainda por cima estamos a vazar a casa para as obras que devem ter início no principio de Julho...apesar de férias estamos cansados,quer dizer... não muito porque também temos de passear e namorar um pouco , mas obras é HORRÍVELLL!



São servidos ???

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Idade



Desta árvore caem as folhas,

Sua tez descascada do tempo.

Perdeu a vaidade na idade,

perdeu a conta do que viu e escutou.

Tombada pelo vento,

os seus braços ainda resistem.

Força de vida e de querer,

luta por si mesma

pela luz que quer ver.

Desvalorizada e abandonada,

finca as raízes à terra.

Pensa ela, que só morrerá

quando por ela tiver vivido tudo.

E como uma criança teimosa,

ficará assim curvada e sem folhas

até chegar o dia em que a sua seiva,

irá por si só adormecer

e a deixará descansar!

(escrito por mim)

Não sei porquê!!

A maneira mais rápida e talvez única de dizer coisas a todos é por este meio.
O que me leva hoje a postar isto , é que de há uns tempos para cá tem-me sido quase impossível aceder a quase todos os blogs, chego a tentar 3 e 4 vezes e dá-me esta mensagem:

Internet Explorer cannot open the Internet site http/.......

Operação cancelada

Desculpem , mas não é ausência minha aos vossos blogs , é esta droga de Internet , que ainda não percebi muito bem o porquê, depois de várias tentativas irrito-me , mas hoje já fui a uns 10 blogs que me aconteceu isto mesmo.

Sem mais comentários , 1 KISS

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Cumplicidade



Dedilho as tuas curvas

como se não as conhecesse,

sinto a tua pele sedosa

que me dá serenidade,
sinto-te como fosse a primeira vez

mas com mais intensidade e calma

que bom é isso ao fim de tantos anos!

(escrito por mim)

quinta-feira, 28 de maio de 2009

As ditas minorias

Hoje em dia , já não sei quem sejam as minorias...estou a falar de pessoas que se diz terem gostos ou vidas diferentes do dito "normal".
Normal será uma pessoa que anda , fala, vê,cheira, pensa, que respeita, que ama, que ri e chora, que constitui família ou não, que quer filhos ou não e talvez mais umas coisinhas mas acho que chega para definir o dito "normal".
O certo é que as pessoas não têm escrito na testa o que realmente são, a não ser que tenham deficiências físicas. Destes o Mundo sempre teve a postura do politicamente correcto, muitas ideias, associações, palestras e movimentos, mas quando chega a altura de haver uma rampa de acesso, elevadores, passeios desimpedidos de carros, leitura braille nos supermercados, ou o acesso a um simples multibanco , as coisas não são assim tão fáceis, essas pessoas não são uma minoria, são a maioria a ter problemas na nossa sociedade e ter uma vida digna e minimamente independente torna-se um calvário.
Depois temos as ditas minorias de ideias ou culturais que chateiam os ditos normais. Isso aí, já pia mais fino, o politicamente correcto começa a desvanecer-se, já nem toda a gente está de acordo em certas e determinadas coisas, coisas de etnia e religião , afecta muito a concepção de bom samaritano, tantas vezes se houve casos de violência em relação a pessoas negras, ou ciganas. Também temos os marginais e os drogados com vidas a que ninguém pensa lá ir parar e que muitos nem se lembram que existem a não ser que lhes peçam uma moeda para por o carro num sitio que toda a gente com dois dedos de testa o consegue arrumar ( tenho de admitir que odeio este tipo de situação e que nunca dou dinheiro), depois temos os pobres a dita pobreza extrema, esses têm sempre uma ajudazinha e o carinho de muitas pessoas que se mobilizam para dar um pouquinho que seja para facilitar a vida deles, com os bancos alimentares, voluntariados em diversos aspectos. Mas aí vem a mistura daqueles que realmente são pobres e que necessitam com aqueles que vivem em barracas ou casas sociais mas que têm um grande carrão à porta e que vão ao supermercado ou à igreja buscar coisas de táxi e que pagam rendas miseráveis onde habitam. Aí tenho também de dizer que me custa a engolir , não sei se as coisas que dou de boa vontade, chegam a casa das pessoas que realmente precisam, e se os meus impostos estão realmente a ser utilizados para proveito de pessoas que realmente merecem uma casa nova. Sempre fui educada nestes parâmetros, se queres peixe tens de molhar as calças...não é bem assim mas ok :)!! Ora bem, olhando para o lado o que a gente vê nesses bairros sociais são mulheres rodeadas dum batalhão de filhos para receberem mais da segurança social, temos os homens a vender nas feiras e noutros negócios que só dão ao fisco aquilo que bem querem e lhes apetece...conclusão, eles até podem ganhar mais que o meu marido ou tu, mas o estado como não sabe, são uma minoria que precisam de ajuda, atenção que não estou a dizer que são todos os casos, mas porra se não têm condições ponham uma rolha para não ter mais filhos, toda a gente que pensa no bem estar dos seus filhos faz isso, não se tem ninhadas para andarem na rua a pedir ou a vender pensos.
Bem há pouco tempo , isto em relação aos séculos que este planeta tem, podia-se dizer...à uns segundos atrás , apareceram umas novas minorias por aqui, pessoas que vêm foragidas de outros países á procura de melhor vida, que fogem da guerra, da fome. A esses, as coisas não são fáceis , mais que não seja que apesar de não haver guerra, o país não tem muitos empregos para dar e acontece que muitos percam os seus grandes sonhos. Este país tão pequenino e que parece um óasis pode-se tornar num pesadelo para quem vem sem nada na cartola. Desses tais croatas, romenos, brasileiros e muitos outros , deixa-se de ser politicamente correcto de caras, a ideia é que essa gente toda chegou aqui para tirar os empregos a quem cá estava , ora...vamos pensar um bocadinho, se havia empregos e se estavam sem ninguém é porque ninguém os queria, certo?? Mas não, aqui o melhor mesmo é dizer que essa gente de fora só veio estragar o mercado português e que se deviam ir todos embora. Vamos lá pensar de novo gente, e se fizéssemos uma troca? Todos os emigrantes portugueses espalhados pelo Mundo vinham para cá, e a gente punha fora estes que cá estão...acham que seria bom? Quem respondeu sim, acho que se engana redondamente, temos muito mais gente fora nossa do que temos gente de fora cá dentro, aí é que ia ser a desgraça completa.Vamos ser justos e dar hipóteses a quem quer trabalhar naquilo que nós não queremos, afinal trabalhar nas obras, a fazer limpezas a gente vai para fora para ganhar mais , não é? Pois eles fazem o mesmo !!
Depois há as ditas minorias de cariz sexual, ou seja que tenham outros gostos que não sejam os ditos normais, aqui estamos a falar dos heterossexuais em relação às mais diversas vertentes e opções sexuais de cada um. As coisas neste assunto chegam azedar,são uns tarados, metem nojo, Deus nos livre e tantos outros ditos. Pode-se dizer que as coisas hoje em dia, e se formos fazer a relação tempo com a existência da humanidade também se pode falar de segundos, portanto, desde à uns segundos atrás que as coisas se falam mais na sociedade, há mais informação o que não quer dizer que seja aceite, muito menos compreendido.Quando toca a colocarmos as coisas na mesma balança , péra aí, eles existem sim senhora, a gente até tem respeito e tal, mas eles que não se mexam muito e não exijam coisas que só nós temos direito, estou a falar por exemplo do casamento, muita gente não aceita que isso aconteça a não ser num casal heterossexual.
No que diz respeito a esse caso, não me importo absolutamente nada que isso um dia aqui em Portugal aconteça, não me choca absolutamente nada, acho que se duas pessoas têm uma vida conjunta que pagam impostos, que sofrem e amam junto, têm de ter os mesmos direitos que tenho eu e o meu marido. Quanto à questão de poderem adoptar uma criança, aí já não sou tão liberal, faz-me um pouco de impressão a criança não ter a imagem de um pai e de uma mãe. Até podes me dizer , mas isso pode acontecer sem estarem casados, e isso é verdade, imaginamos um casal heterossexual que se separa e ela se junta com uma mulher e fica com o filho do casal...essa criança a partir daí vai viver numa casa que tem como casal duas mulheres...mas eu digo, mesmo assim ele tem um pai! É coisa que me custa a engolir ainda, desculpem a minha sinceridade... por outro lado é preferível uma criança viver com dois pais ou duas mães e ser bem tratado e ser espancado por um casal heterossexual, nisso não há dúvidas , hein?
Nestas ditas minorias , depois há todos aqueles que podemos imaginar ou não, lésbicas, homossexuais, bissexuais e tantas mais variantes que me tenho apercebido que nem sabia da sua existência...Ora aqui eu tenho uma opinião formada, eu sou heterossexual, mas não ando por aí anunciar aos sete ventos que o sou, nem coloco imagens nem desejos na internet de intimidades que tenha com o meu marido, eu acho que isso é que choca a maior parte das pessoas, pelo menos a mim, custa-me admitir que todas as pessoas assim sejam, acho que a maioria das pessoas independentemente das suas tendências são recatadas como nós.
Outro dia estava a falar com o meu marido acerca disso, aqueles desfiles gays ou de lésbicas , mais parecem bacanais, se o fazem para ferir susceptibilidades...conseguem, agora se é para terem o seu cantinho e de lutarem pelo desejo de serem respeitados, tenho muita pena mas assim não conseguem, sempre ouvi dizer que com vinagre não se apanham moscas.
Outro grupo agora, mais falado até devido a uma novela portuguesa que passou á uns tempos são os swingers e suas variantes, acho que para ser mais in e mais fino dizem ser uma filosofia, bom se é assim que se sentem bem, que assim seja, portanto estes filósofos normalmente são um casal que gostam de trocar de parceiro, ou seja de comum acordo não se importam nada que o outro esteja no trumca pumba com outro, desculpem o ar brejeiro e se estou a ofender alguém.É que depois vão para casa feliz da vida e dormem juntos ou fazem sexo também...mas isso é lá com eles, nisso não tenho nada contra, cada um faz e come do que quer. Só acho que apesar de isto ser muito selecto, pelo menos da maneira como falam do assunto, pois até é uma filosofia, acho que é uma maneira de se viver com um amigo e de haver protecção durante uma relação sexual com outro tipo ou tipa, assim como assim a palavra proxeneta ou chulo são palavras muito pesadas para tal filosofia e fica melhor em meninas de rua, a coisa aqui é mais fina!
Então temos um casal comprometido, com uma relação muiiiiito aberta em que está tudo na paz e venha quem vier, amo-te comó caraças. Desculpem-me mais uma vez mas façam bom proveito, não era capaz de pensar sequer que o meu marido tivesse perto de outra mulher com intuito de lhe fazer algo de cariz sexual quanto mais fazer sexo, o mesmo pensa ele em relação a mim, que já falámos do assunto.
Por isso meus amigos, quem se esborracha na net a dizer as suas minorias expor fotos,textos e filmes de pornografia, depois não se queixe de nada.
Como eu não me vou queixar de nada se houver alguém que me leia e for destas minorias e me chamar de atrasada ou de mal amada...isso teria muita graça, me chamarem de mal amada hehehehehehehe.
Outra coisa que hoje em dia se está a tornar uma minoria , e isto é uma opinião muito pessoal, é a palavra amizade, a palavra amigo. Amigos são aqueles que nos fazem falta, fala-se muito aqui pela net amigo , amiga e depois pessoas que se queixam de serem largadas, de serem usadas e depois esquecidas, pessoas que exigem de uma outra pessoas fidelidade, de conversa, de textos, de comentários...
Um dia tivemos uma conversa que me foi bastante útil e que pode ser útil a alguém.
Devido a um caso, perguntava-me a mim própria e depois em conversa com outra pessoa se era assim tão importante ter um hi5, um facebook ou uma outra qualquer dessas coisas, e a pessoa em questão disse que não, era puramente uma distracção, que se dizia umas babozeiras, que se mandava os piropos que os outros queriam ouvir e pouco mais... e a conclusão desta conversa foi que quem a gente realmente tem como amiga ou amigo, mete em nossa casa e ajuda se um dia tiver aflito, e estes ditos amigos????? alguém punha alguém em casa ou ajudava por exemplo monetariamente? Acho que sei a resposta e vocês também....ninguém metia um amigo virtual em casa. Ninguém faz falta se um dia desaparecer, até nos podemos lembrar das boas conversas de alguma foto mais picante ou de uns olhos mais arrebatadores, mas só isso.
OLHA QUE PENA EU DESAPARECER HOJE DEPOIS DESTE POST!!! AINDA POR CIMA DEPOIS DO QUE DISSE.
Cultivem as vossas amizades reais , passeiem com eles , vão ao cinema, riam chorem com eles ...esses mesmo que sejam poucos são os vossos amigos e não se iludam com amizades virtuais, de tudo o que já vi e li parece que há pessoas com muito pouca vida para viver no dia a dia e precisam desta moleta, eu não acho nada saudável, acho até triste.
Não façam da amizade e da palavra amigo uma minoria :)
Bem haja a todas as minorias, e gozem a vida desde que não me chateiem a molécula, o mesmo digo às grandezas, não me queiram ver do avesso, ia cheirar muito mal e mesmo não sendo bonita, acho que gostam mais de mim assim , do direito.
desculpem ter sido tão extensa :)
(ESCRITO POR MIM)

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Minha

foto de Zena Holloway




Nas ondas do teu cabelo me banho,

Na maresia do teu olhar me encontro,
Nas dunas do teu corpo me entranho
Só nas tuas areias me reencontro.


Sol que incides nas ondas e me ofusca,
Com a tua beleza de sal imensa

Pele de indefinível sabor e seda branca,

amo-te e deliro numa sublime dança.
(escrito por mim)

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Momento desejado




Agora só te quero abraçar, e mandar todo Mundo ficar em silêncio para imaginar que o Mundo é só nosso e que nada mais nos vai ferir.
(escrito por mim)

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Contigo




Numa nuvem me embalo,

procuro a paz que preciso

Entoo um canto calado

nos lábios com um sorriso.



Vento Norte e gelado,

vens e lavas minh'alma

congelas meu lado magoado

para voltar amar com calma.



Sopro de luz me dás Deus sol

aquece agora o meu peito

eleva este voar de rouxinol

faz com que tudo seja perfeito.



Preciso de voar livremente

nas asas do amor eterno

sei que sem ele não sou gente

e ficarei triste como o inverno.



Quero amar sem medo,

não quero mais chorar

não te tornes num rochedo,

que não te possa alcançar.



Quero cantar lindas canções,

escrever poesias de amor.

Quero contigo novas emoções,

Nunca me abandones,dá-me calor.



(escrito por mim)



sábado, 16 de maio de 2009

Bom fim de semana

Tenho andado com falta de tempo para vir aqui, mas passei rápido para vos deixar algumas coisas divertidas :)




Anedota- Corte de cabelo



Um homem entra no barbeiro e pergunta:
- Boa tarde, quanto tempo até chegar a minha vez?O barbeiro olha em volta do salão e responde:
- Mais ou menos umas duas horas.
O homem sai.Passados alguns dias, o mesmo homem volta e pergunta:
- Boa tarde, quanto tempo até chegar a minha vez?O barbeiro olha em volta do salão e responde:
- Mais ou menos umas três horas.
O homem sai.Passa mais uma semana, o mesmo homem entra e pergunta de novo:
- Boa tarde, quanto tempo até chegar a minha vez?O barbeiro olha em volta do salão e responde:
- Mais ou menos uma hora e meia.
O homem sai novamente.
O barbeiro vira-se para o seu empregado e diz:
- Oh Paulo, faz-me só um favor. Segue aquele tipo e vê para aonde ele vai. O idiota sempre que entra aqui pergunta quanto tempo demora até a sua vez, e depois nunca mais volta....Uns minutos depois, funcionario regressa ao salão vermelho de tentar conter o riso. O barbeiro curioso pergunta:
- Então Paulo, qual é a graça? Onde é que ele vai depois daqui?Paulo levanta a cara, enxuga as lágrimas do esforço de reter as gargalhadas e responde:
- Depois de sair daqui ele foi para a sua casa
.

Moral: nunca dê informações a desconhecidos...

beijinhos a todos

quarta-feira, 13 de maio de 2009

13 anos no dia 13 de Maio


És a minha menina

és a minha princesa,

és a minha pequenina,

és a minha luz acesa.



Mil beijos neste dia tão especial...adoro-te filhota
Para ti fica esta canção que tanto gostas!

terça-feira, 12 de maio de 2009

Sofá


Podia haver mil histórias que vos podia contar. Conversas,risos, migalhas e revistas soltas,mas eu guardo algo inesquecível. Numa tarde de névoa e frio,aquecido pelo calor da lareira, fui o berço de um novo amor.


A menina que dava pulos em cima de mim, tinha agora 21 anos e tinha convidado um amigo para ir lá beber café.

Ligaram a aparelhagem e sentaram-se a conversar. As mãos dele passeavam pelo seu rosto, e as dela nas costas dele pediam mais carinhos.

Envolvidos pela música, a dança do tirar das roupas parecia fluir e os beijos acompanhavam em grande histeria e prazer.

Os dedos de cada um percorriam o corpo do outro em descoberta. Partilhavam cada momento como se fosse único. O calor da lareira e seus tons avermelhados, davam um colorido aos seus corpos suados. E num suspiro gemido de prazer ele disse-lhe, não queria mais deixar de ver aqueles dois peixinhos verdes no seu rosto, ela embevecida com o que acabava de ouvir apenas o abraçou e ficaram assim unidos de olhos fechados, a ouvir o estalar da madeira que ardia agora com menos intensidade.
Agora eu sabia que a minha menina tinha crescido


(escrito por mim)

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Guarda-o




Minha amada, não te vás agora.

Fica mais um pouco e guarda o meu coração no teu peito.

Aquece-o e trata dele como se fosse teu.

Assim saberei que o meu coração há-de saber rir e chorar.

Preciso de estar dentro de ti.

Sei que vivo sem ele , mas não vivo sem ti!

(escrito por mim)

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Cegueira

Hoje a cegueira abandonou-me, muda e queda como se não mais precisasse de mim.Insisto em chamá-la, em desafiá-la para um novo contrato, uma coisa vitalícia em que nenhuma de nós ficasse a perder, mas ela nem se voltou para trás,nem um olhar de cumplicidade, ou de desprezo...simplesmente se foi, e eu aturdida vendei os meus olhos,pois apesar de ter consciência que já tudo poderei ver, insisto nesta loucura.

Agora que todos poderão ver que já não estou cega, só preciso que não me critiquem ou me crucifiquem, juro que me sinto bem assim, pois dos sons, palavras e silêncios sei me defender...mas de imagens e expressões não sei o que fazer. Não estou louca, apenas quero permanecer cega aos meus olhos.


(escrito por mim)