quarta-feira, 17 de junho de 2009

Caixas e mais caixas

* esta não é a nossa casa , mas está parecida


Acho que de hoje em diante não vou guardar mais porcarias, aquela coisa do" um dia pode servir ou fazer falta" aqui em casa não vai existir mais...LIXO!

Vocês nem imaginam as coisas que tenho deitado fora, reciclado e dado para diversas instituições...chegou ao cúmulo de ter uma revista de Maio de 1996 , do ano em que a minha filha mais nova nasceu, incrível!

Descobri um bordado a ponto cruz inacabado , que era para pôr na parede do quarto à 17 anos atrás...acho que agora se o fosse colocar na parede do quarto da mais velha , ela não iria achar muita graça, com o dia de nascimento, peso e medida dela hehehehehehehe.

Mais incrível ainda a quantidade de fotos que ainda não tenho nos álbuns, também têm fotos assim?E a carrada de negativos? Será que valerá a pena guardar negativos de fotos que nunca mais vamos revelar? O que vale é que de há uns anos para cá está tudo no computador , senão teria uma pilha delas até ao tecto, meu Deus.

A cada dia de arrumação uma novidade, ontem foi o dia do móvel que está perto da cozinha, é mais ou menos o armário da confusão, pode-se até dizer que está lá de tudo um pouco, é a loja dos trezentos cá de casa, desde toalhas, coisas de costura a medicamentos ...vale tudo. Ontem descobri o cesto que as minhas filhas levavam para o infantário com o almoço e lanchinho, OHHHHH que pena deitei-o fora rsrsrsrsrs.

Outras coisas que deixam saudades , como por exemplo o taco de Snooker que dei ao meu marido em principio de casados, tantas vezes eu de barrigão da Mafalda íamos jogar snooker...bons tempos, que ainda tínhamos o tempo todo para nós , que não havia computador,só os amigos a sério entre nós! Tempos de grandes patuscadas, como fomos os primeiros a casar aquela casa era uma festa e saídas ...muitas.

Ah precisam de lãs? Ontem descobri que tinha um cachecol começado talvez á uns 14 anos , a lã e as agulhas estão aqui , a vontade de reiniciar é que não, por isso deitei o pedaço feito para o lixo e as lãs acho que vou atear na lareira hehehehehehe.

Como veem é só coisas boas e lindas, espero que vos tenha aguçado o apetite para fazerem arrumações na vossa casa.


Beijinhossssssssssssss

14 comentários:

Olavo disse...

Arrumar guardados é reviver o passado..e as vezes bom..
recordar é viver.
Beijos

Nanda disse...

é exatamente o que tenho pensado em fazer...mas as vezes falta coragem...rs..
boa sorte aí né...

Andrea B. disse...

Xana querida!! coloquei você em um desafio...tá tudo explicadinho no meu blog...rs
fique à vontade em aceitar ou não tá?

Bjos pra ti e tua linda familia....;)

Mirse disse...

Lindo esse post, Xana!

Sempre juro que vou jogar tudo fora e acabo guardando, para quem sabe, um dia....

Você está certa!

LIXO! Senão nos perdemos dentro dele e de suas memórias.

Beijos

Mirse

Su disse...

sem duvida, passamos a vida a guardar coisas que não importam/interessam...........

fazes bem, arrumar, dar, lixo....

jocas maradas

Anónimo disse...

Querida Xana,muito legal seu texto!Não é a unica a ter tantos guardados...rsss...Me aposentei em fevereiro desse ano e começei uma arrumação no armários que ainda não acabei de tanta tralha...rsss...cada dia uma novidade!Os recicladores agradecem!Bjs,

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Xana!

A semana passada fiz mais ou menos isto,mas ainda falta muito...e quem me obrigou a isto foram os cupins que ao começarem a roer um móvel me obrigaram a mexer em tudo...mas tenho dificultade em me desfazer destes trastes...

Excelente texto!!!

Beijos!!!Sonia Regina.

Franzé Oliveira disse...

O ar ta, calmo
A gente vale aquilo que é, e digo até
a segunda-feira é diferente pra quem
quer, achar emprego no Brasil, ouviu?
é igual morar em um barranco na beira de um rio.
Educação já foi riscada da favela
quanto menos se estuda, mais ficamos presos nela.
a procura de um emprego a resposta
é sempre não, só estamos contratando
quem tem curso ou indicação.

Multiolhares disse...

Minha amiga guardamos tantos retalhos da vida,mas quando fazemos essas arrumações estamos a ter o nosso livro já escrito
Namastê

Nely disse...

Olá Xana!
Eu sou o inverso, despacho tudo na hora.
Não guardo nada, junto isto e aquilo e encaminho para associações de apoio a famílias carenciadas.
Depois em casa cada coisa tem o seu sitio, nunca procuro nada.
E ainda ajudo as amigas a organizarem-se rsrs.
Beijo.

ISA disse...

É verdade amiga Xana, nós temos tendência de guardar coisas que deixamos de usar,porquê guardá-las se no momento, não nos servem? Eu tb tenho muita tralha em casa . Este ano reciclei algumas roupas que voltamos a usar. Quanto a revistas tenho uma que ainda não mandei fora. E sabes que revista? O "catalogue 3 suisses" que comprei em Paris em 1974/5 e custou-me 10 Francos. Em portugal ainda não havia os 3 suisses.
Obrigada pelo teu comentário no meu blos.Gostei muito das tuas palavras.
Jinhos
Isa

Jorge disse...

Pois...
... e eu que carregue com as caixas para o sotão!

Xana disse...

Coitadinho do meu homem :)
amo-te!

Helô Müller disse...

Tem lá seus encantos as surpresas que encontramos na tralha guardada do passado, assim como também desfazer-nos delas ...
Reciclagem é fundamental nesta vida!
Beijos pra ti
Helô