terça-feira, 16 de junho de 2009

Ensinar a reciclar




Peguei numa folha velha


vi e imaginei que nela fazer.


Nada me ocorria,


rascunhos e arabescos,


mil cores usei.


Os seus olhos brilhantes


esperavam a surpresa.


Dobrei,revirei e tornei a dobrar


que colorido ficou


o barquinho de papel.


As suas pequenas mãos,



ajudaram o barco a navegar



e reflectido nos seus olhos,



a alegria de reciclar.




( poesia infantil escrito por mim )








15 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Hum, não me parece o mais indicado. É que o barquinho vai acabar por afundar, indo poluir o rio, ainda mais estando pintado com mil cores, imagina a quantidade de peixes que vão à vida!

Beijoca!

Xana disse...

xiii que mau !! Não era essa a ideia, era mesmo para ser uma ideia de grande cidadã!!!! hehehehehe

Angela Guedes disse...

Oi Xana!!!
Muito interessante este poema...
Às vezes me pego fazendo parquinhos com panfletos que recebo nos sinais do transito ou com quardanapos em restaurantes.
Acho tranqüilizante esta ocupação, quando estou entediada.
Beijinhos.
Ângela

Liar disse...

Que lindo Xana!

E o rafeiro tava a brincar
Nenhum barco de papel cai ao rio
Acabadinho de reciclar!

Bjinhosss

Céci

utopia das palavras disse...

Entendi como uma mensagem, no caso...poética!

Beijinho

Lmatta disse...

lindo
beijos

Ariane Rodrigues disse...

Lindo teu origami poético, Xana!

Ando meio sem tempo de visitar os blogs, tenho que replanejar tudo para voltar a ler mais...

Abraço!

Mirse disse...

Lindo, Xana!

A beleza do seu poema, Xana está em lembrar a importância da reciclagem para o bem da natureza.

Já reciclei muito papel, mas dá muito trabalho, vira arte, mas tudo acaba no fundo de um rio.

Ah Ah Ah1

Beijos, amiga!

Mirse

Su disse...

gostei deste reciclar

lindo

jocas maradas.sempre

lilás disse...

Linda mensagem! gostei.
Bjs

Xana disse...

Angela , pelo menos enquanto faço barquinhos de papel não possop roer as unhas rsrsrsrsrs

beijo
****
Liar , pelo menos o barquinho tem de ficar bem molhadinho primeiro :)
beijinhos

****
É isso Ausenda , os pequenos têm de saber usar o papel e descobrir que não se deve por folhas que ainda servem para algo no caixote do lixo! ;)
beijos

****
Helena , obrigado e muitos kisses

****
Ariane, bem vinda linda :)
obrigado beijo
`

***
Mirse , só tu mesmo :)
beijinhos

****
Su , minha marada obrigado por vires aprender a reciclar rsrsrsrs

jocas também para ti
***

Lilás , obrigado pelas tuas palavras :)
beijo

Chris disse...

Reciclar... é fundamental.
Um beijinho
Chris

tossan disse...

Muito bonito o poema! Gosto muito do tema infantil na poesia. Beijo

sorte disse...

Achei lindo !!
veja que o barco nos leva onde o destino quiser..te espero por lá, sonhos e contos de criança grande..adorei
beijo

Nely disse...

Que bonito Xana.
Era bom que todos cuidassemos na nossa casa "A Terra" e tal como tu, arrumassemos tudo nos sitios certos.
Ensinar os mais pequenos começa no exemplo dos maiores.
Espero que isso acabe rápido, mudança é mesmo uffff...
Beijo.