terça-feira, 13 de outubro de 2009

Rosa encantada




Do meu corpo brotam ramos e folhas,


da minha pele verdes espinhos,


dos meus braços frescas e doces rosas,


dos meus lábios ternos carinhos.




Dos meus pés saiem longas e fortes raizes,


das minhas mãos um suave odor a limão,


da minha seiva o vinho vos faz felizes,


dos meus olhos o toque forte da paixão.




Esta flor rara que poucos viram,


que balança ao vento sem quebrar,


vive num eterno conto que lhe construiram,


onde se esgueira para nos fazer sonhar.




(escrito por mim)

14 comentários:

Franzé Oliveira disse...

Bonitas palavras
As palavras
Que sejam simples
Que sejam banais
Que sejam suaves
Que sejam para sempre
Ou fadadas ao esquecimento
Neste ou naqueles versos
Que digam tudo
Ou digam nada
Mas que no fundo
Sejam somente palavras
Compreendidas
Mais nada

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Estou vizualizando com o seu poema uma mulher florida e plena de viço...muito,muito bonito!!

Parabéns!

Beijos!

Sonia Regina.

Dinaildes disse...

Perfeito!
Adoro textos assim!
=)
Beijos!

utopia das palavras disse...

Bonita composição...e inspiração!

Rosa que em ti se desfolha
E no teu colo se alenta
Rosa flor da tua escolha
Grande o amor que a sustenta!

Beijinho

Xana disse...

Obrigado pelo carinho de voçês todos :)
beijos grandes!

EDUARDO POISL disse...

Vim pedir desculpa pela minha ausência no teu blogger mais como havia um feriado e trabalho com turismo ficou difícil, mais agora com um pouco menos de trabalho volto a normalidade.

"O que diferencia uma pessoa de outra é o seu imaginário, a interpretação que dá aos fatos da vida." (Tisuka Yamasaki)
Abraços com muito carinho

Lmatta disse...

está lindo
beijos

Lilá(s) disse...

Que lindo! belos momentos de inspiração, que venham mais.
Bjs

Maysha disse...

Muito bonito Xana, a tua veia poética continua em alta.

Bom fim de semana, beijo de luz

Nilson Barcelli disse...

São muitos os que olham uma flor, mas poucos são os que a vêem.
No fundo, este poema, para além de mostrar a rosa encantada que és, mostra também um certo desencanto com os que não te vêem na tua real dimensão (a interior). E que, para além disso, procuram moldar-te num ser e estar diferente da tua própria essência.
Mas tem calma, porque isso acontece com quase toda a gente...
Gostei do teu poema, querida amiga.
Tem um óptimo fim de semana.
Beijos.

Céci disse...

Olá Amiga Xana.

Lindíssimo este teu poema!

Quanta inspiração ((*_*))

Bjinhos

Céci

Helô Müller disse...

Lindo poema, Xana! Fez-me lembrar a belíssima canção "as rosas exalam o perfume que roubam de ti"...
A beleza e o perfume das rosas, realmente nos levam a sonhar...
Um belo domingo pra ti!
Helô

Mirse Maria disse...

Lindo, Xana!

E de tua mente flui a seiva que em tuas mãos faz brotar os mais lindos versos!

Parabéns!

Beijos

Mirse

Secreta disse...

Muito bonito este poema, leve, atractivo ... :)