quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Calma

(foto de Maria José Dias)


Sei que a calma aparente se parte,

como finas estalagtites.

Por isso as preservo no ártico gelado,

do meu subconsciente.
(escrito por mim)
Enviar um comentário