terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Hoje é o meu dia!

Hoje não me sinto bem , nem mal
não sinto frio , nem calor.
vejo pela janela o trivial,
pessoas a passar,
gatos e cães todos a brincar.

Nada me apetece fazer,
pensar muito menos.
Estou apaixonada,
sinto-me amada,
estou à lareira muito reconfortada.

Há dias assim,
que não se pensa em nada.
Nada está na memória,
não há na vida paz melhor,
do que sentir o próprio calor.

Sei que quem me quer , está perto,
e que logo me abraça.
por isso espero calmamente,
ouvindo o meu coração,
como o batuque duma canção.

Peço desculpa porém,
do meu egoísmo e serenidade.
Hoje é o meu dia,
de não me apetecer,
de nada ler, nada escrever.
(escrito por mim)
Enviar um comentário