quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Pela janela do meu quarto


Estou com fome de ti,
te vejo da minha janela.
Abanas-te ao vento ali,
convencida que és bela.


Tua cor me põe louca,
a sensação do tocar.
A distância é tão pouca,
e não te posso agarrar.


Teu perfume intenso,
me faz água na boca.
Todo os dias eu penso,
trazer-te à minha toca.


Quero te cheirar perto
sentir a tua pele fina,
morder-te e sentir-me liberto,
desta enorme adrenalina.


Como pude eu pensar em tal,
nunca me vou perdoar.
Vi-te nascer e criar,
mesmo dentro do meu quintal.






(escrito por mim)

25 comentários:

manzas disse...

Redigi no pulsar
Do meu ser
Uma valiosa
Carta guardada...
O sol não nascerá
Sem que passe por lá
Para a ler,
Ou ela será
Lacrada.

(rss)

Obrigada pela visita
e comentário
Que deixou no meu

Pensamentos

O eterno abraço...

-MANZAS-

traços de um homem disse...

Belo poema..gostoso de ler..
Beijos

Tatiana disse...

Que lindo!
Nossa... adorei!
Para mim dias especiais são aqueles que compartilhamos com pessoas que nos fazem bem... por isso estou aqui. Junto de Ti meu dia ganha muito mais cor!
Obrigada por sua amizade, carinho e presença em meu blog.

Um beijo carinhoso

Soraia disse...

Quando vi a foto do perfil, pensei que este blog seria falado de comida... quando li o poema, julguei que se tratava de alguma galinha, mas quando vi a imagem, nao tive duvidas que eram de maças o que poema falava :P

beijinho

Franzé Oliveira disse...

Querer é poder?
Eu quero eu posso...

Brigado pela visita. Adorei seu cantinho tb. A poesia é bela. Vou te segui, viu?

Bjos com carinho.

Eduardo Miguel disse...

- Linhas agulhas e muita imaginação a costurar e formar trama e tecido a construir tudo, sonhos começam assim a se realizar...
- Xana adoro quando passas lá e me dás a oportunidade ve vir cá a ver também suas novidades, do Brasil abraço enorme para tú!

Anónimo disse...

Linda poesia! Me deixou com vontade de saborear estas belas maçãs.

Grande beijo.

Xana disse...

Será que alguém descobrio à primeira de quem ou do que é que eu falava ? rsrsrsrs
***
aos novos visitantes o meu muito obrigado e voltem sempre

***
meus amigos de guerra um grande beijo espero sempre as vossas palavras :)

tossan disse...

Que delícia de poema e de fruta lógico. Bj

Beatriz Vieira disse...

oi Xana

Fiquei a pensar que estavas falando sobre uma pessoa .. só com a imagem para descobrir que era uma maçã..muito lindo

bjos
Bea

Moni disse...

Minhas menitirinhas rsrsrsr
Acho dificil alguem acertar

bjos quero ver as suas viu kkkkkkkkkkk

Angela Guedes disse...

Lindo poema.
Enquanto lia, observei que tem muita sensualidade, como se narrasse um corpo de mulher, mas eu sabia que se tratava de uma fruta.
Um Grande abraço.
Angela

Cris Rubi disse...

oi maizinha, deu tudo certo, estou de volta, obrigada pelo seu carinho e preocupação
beijinhus carinhosos

Vivian disse...

...logo imaginei que poderia
ser uma saborosa fruta.
uva talvez, mas maçã
casou em cima.

que linda imaginação, menina!

vc é uma linda poeta!

parabéns pela sensibilidade!

bjusss

Rosa caída disse...

Eu confesso...fui apanhada de surpresa, não esperava mesmo rsrs.
Quanta imaginação Xana. Ficou muito bonito, sensual, nos criando adrenalina em pele fina e perfumada e depois só podemos saborear á...dentada!
Ser poeta é ter este dom...usar as palavras com cor, luz e alegria, quer falemos de amor ou de uma bonita maçã.
Parabéns.
Beijinho bem colorido e perfumado.
Nely.

Nela disse...

Xana, peço desculpa de não andar a comentar, mas não tenho tido tempo, surjiu-me imprevistos, mas não quis deixar de lhe escrever duas palavras, obrigada pelo comentário, e está muito lindo o seu poema,aos belos frutos vermelhos, da sua árvore, e claro que não deu para ver a que te estavas a refererir, só mesmo depois...beijos e prometo logo que possivel, vir com frequência.

Andrea B. disse...

De tão delicioso de se ler, lembrei-me agora depois que vi a foto, das maçãs carameladas, dos Parques, que chamamos aqui, como Maçãs do Amor...lindo Xana!parabéns...;)

OUTONO disse...

Gulosa....
Mistério...

Bonita encenação!

Beijinho.

pin gente disse...

realmente estão de ser lhes dar uma dentada.
boa!

um abraço
luísa

Xanó disse...

Vim cá dar uma espreitadela e vou voltar =D


Obrigada pela visita!!

beijinhos

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Obrigada pela visita e comentário
Que deixou no meu blogger apareça sempre
Abraços e um lindo dia

mateo disse...

As maçãs têm destes "pecadilhos"!
Beijo.

PS: Obrigado pela visita. Volta sempre.

Liar disse...

Adorei o poema, nunca me teria lembrado disso, rs

Parabéns adorei "Retalhos"

Bjinho e bom fim de semana

Céci

Rafeiro Perfumado disse...

Cheguei a pensar que era um gato a divagar sobre uma cortina! :D

Beijoca!

Ariane Rodrigues disse...

Que ternura essa poesia tua! Bom fim de semana! Bjos