quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Num banco de jardim



Estava sentada num banco de jardim

O príncipe encantado não tinha chegado

Com um aceno sentaste-te ao pé de mim

Percebi que tinha chegado o meu amado.


Teu semblante alegre me fascinou

O sol que tocava na tua pele me iluminava

O teu sorriso largo e simples me cativou

Refrescava-me a leve brisa que passava.


Ofereceste-me uma flor silvestre

Tão linda e perfumada, não havia registo

Falavas comigo como um grande mestre

Tal homem nunca houvera visto.


Pegaste na minha mão branca e suada

Apaziguaste o meu acelerado coração

Disseste ao meu ouvido, és a minha amada

Entoando numa voz doce uma linda canção.


Não quero despertar deste lindo sonho

minha mãe, nunca mais quero acordar

prefiro viver nesta ilusão ao mundo medonho

que tanto me fez sofrer e chorar.


Minha linda, estás bem acordada

Olha para mim, minha adorada princesa

és agora a minha eterna amada

Serás na minha vida uma luz sempre acesa.


(escrito por mim)

18 comentários:

Tecnenfermaginando disse...

xana, poesia de luz e cor, linda!

belo blog!
forte abç, teresa

Pjsoueu disse...

Xana:)

Entrei aqui por acaso,e, por acaso gostei e fiquei a ler-te...gostei da poesia das palavras impregnadas de ternura em cada sentimento:)


beijos

Pj

Angela Guedes disse...

Oi Xana, que lindo!!!
Parabéns, você escreve com tanta ternura, seus poemas me cativaram.
Boa tarde!!!
Um grande beijo.
Angela

Andrea B. disse...

Oi Xana...linda poesia...eu ainda espero o meu principe encantado, que acima de tudo respeite minhas opiniões, que ande ao me lado e saiba o verdadeiro sentido da palavra união...;)

bjos pra ti excelente final de semana

Soraia disse...

"...prefiro viver nesta ilusão ao mundo medonho que tanto me fez sofrer e chorar..."

viver entao na ilusao ainda doí mais... porque estamos a viver numa irrealidade à qual sabemos que nada será assim eternamente... e quanto mais tempo quisermos viver na ilusao, mais tarde, será maior a dor ao entrar na realidade...

(eu cá prefiro viver a realidade, porque assim sei com o que conto :P)

beijo

Alice disse...

Oi minha linda..... tenho vindo aqui sim! aliás, é nos blogs queridos de palavras doces que tenho encontrado conforto.
Não tenho deixado muitos recados devido meu estado de espírito.... estou em meio a uma luta contra um cancer que se manifestou em meu marido, e não tem sido facil. vc pode imaginar .
Mas estou sempre a ler-te.

Fique com meu beijo carinhoso e qdo lembrar-se, ore por mim.

bjus no seu coração

Eu disse...

Amiga!!! Quero esse principe pra mim!!!
Adorei... como sempre, né?
Beijos imensos no teu coração!

Xana disse...

Obrigado Teresa ;)VOLTE SEMPRE
****
PJ ainda bem que agradei :9 fico muito contente e agradecida por me seguir nestes retalhos :)

****
Obrigado Angela, deve ser porque penso e ajo com o coração :)

beijo
***
Andrea, vais ver que mais depressa do que pensas vai aparecer lindo num cavalo branco :)
beijo
****
Soraia , é mesmo , mas quando se sofre muito as pessoas refugiam-se nos sonhos ;)

beijinho
***
Elida não sejas garganeira hehehheeh
já sei que tens um principe encantado :)
beijoca grande

Xana disse...

Alice, fquei muito pesarosa de saber o estado do teu marido, espero que tudo se resolva minha querida , tem fé e esperança.
Vou ficar torcendo para que tudo corra bem , até parece que o meu post de ontem se destinava afinal a muita gente que me lê!
Uns que já passaram , outros que estão a passar :(

beijinhos e muita fé amiga

Rosa caída disse...

Olá Xana.
A poesia está correndo nas veias amiga, mais um bonito poema.
É sempre bom tirar um RETALHO ao tempo para vir te visitar, tens sempre mensagem.
-Conta-me...onde é o tal banquinho de jardim?
Quero me sentar lá e esperar...ou ficas-te com o ultimo princepe?
Beijinho amiga.
Nely.

Xana disse...

Voçês são é todos muito simpáticos , aqui em casa os meus críticos, acharam o poema de hoje horrível,a minha mais nova disse que tava piroso, o meu marido disse que estava horrivel e a mais velha torceu o nariz :)

hehehehehehe, OK OK tenho de admitir que está muito do tempo dos Afonsinhos, mas foi o que me saiu hoje hehehehehe

Eduardo Miguel disse...

Eterno enquanto for são os nossos sonhos! eternos...
Que não me faltem! jamais.

Anónimo disse...

Xana

Não. Não é à Vida a que se destina a canção Mulheres.

Inteligente e sensível o autor dessa letra, Toninho Geraes, consegue dizer que o amor de um homem por outro homem é fato.
Ousadia de tê-la escrito e coragem de Martinho da Villa cantar uma ODE ao amor homossexual.

(Isso me faz lembrar de Nature Boy com Nat King Cole - neste caso a canção acabou por prejudicar a carreira de Nat por conta da hipocrisia dos protestantes estadunidenses)

Graças a Deus isso não aconteceu com o Martinho.

Afinal o Brasil é bem diferente.
E ainda bem.

Grande abraço

secreto secreto

Serena Flor disse...

Olá minha querida Xana, passando pra avisar que amanhã estou indo viajar e devo ficar uns dias fora do ar ok?
Quando retornar venho te ver!
Um beijão minha amiga!

b disse...

Que nome daria ao seu amado?
O mestre?

rouxinol de Bernardim disse...

Assim, sim, o Amor é a plenitude!

Tatiana disse...

Belíssima inspiração!
Coisas que só o amor consegue fazer!

Estou viajando hoje para aproveitar o feriado de carnaval.

Quando retornar venho lhe visitar!
Um beijo carinhoso

Mirse disse...

Xana, você transcede na alma sentimentos de amor, tão em falta nos dias de hoje!
Parabéns, amiga!

Beijos

Mirze