segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

" Vem ... estou aqui ! "



Minha pele está seca,
meu olhar vazio.
Espero somente que um sopro
me leve.
Uma brisa suave
que me aconchegue.
Uma luz que me alumie
o caminho até ti.
Meu cabelo branquinho,
que outrora fora preto carvão.
Meus lábios que já foram carnudos,
são agora finos como cristal.
Queria apenas ,
não ter medo,
deste mundo partir.
Será que te vou reencontrar?
Será que te vou beijar de novo?
Esperei pacientemente a partida,
mas tenho medo,
de nada ver e sentir.
Tenho medo de não sentir o teu calor,
e o teu corpo.
Quem me dera que pudesses me escrever,
numa carta perfumada,
e nela ler...

" Vem estou aqui !".

Assim não teria mais receio de partir,
sabia que te ia cheirar,
e ficar contigo para sempre,
abraçados ouvindo o bater do teu coração.
E quantas saudades eu tenho,
Desse som do teu peito.
Se assim for , estou pronta.
Quero ir com o meu vestido verde,
com o ultimo colar que de ti recebi.



Adeus meus amores terrenos.
Não fiquem tristes,
não chorem...
Afinal o meu amor, espera por mim.


(escrito por mim)
Enviar um comentário