sábado, 27 de dezembro de 2008

Queria que ...




As flores duplicassem o seu odor.

O mar tivesse as cores do arco-íris.

O amanhecer cheira-se a frutos silvestres.

E a lua risse para mim.


Houvesse mortes sem sofrimento.

Nascimentos sem lágrimas doridas.

Comida com gosto a carinho.

E água potável sem fim.


O vento protegesse os meninos de rua.

O sol iluminasse os perdidos na vida.

Os rios limpassem a agonia.

E toneladas amor... isso sim.


Não existisse discriminação.

Trabalho e pão para todos.

Não houvesse frio nas almas.

E beijos de cor carmim.


Será que exagerei?




(escrito por mim)


9 comentários:

Vanessa. disse...

Belíssimas palavras e eu penso que não, não exageraste!

João da Silva disse...

Será uma visão paradisíaca?
Adorei!
Adoro este blog familiar, em que o amor é a síntese de tudo.
Beijos carinhosos a todos, com aroma de rosas, do João

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Passei por aqui só para te desejar uma semana de grandes realizações.
Está tudo muito lindo aqui
Abraços

Sérgio Franck disse...

Exagerou nada! Tudo na conta do ser humano que há em nós. Somos assim e ponto... de partida.

Dois Rios disse...

Não, minha querida, você não exagerou. O exagero fica por conta das discrepâncias dessa vida injusta.

Feliz Ano Novo!

Beijos,
Inês

Anónimo disse...

Concordo com o meu irmão ali em cima :)

Bem, vim marcar presença em nome do meu maninho (João, que estará ausente por um tempo) e desejar um feliz 2009, cheinho de todas aquelas coisas boas que desejamos às pessoas que temos carinho :)

Uma optima entrada ! ;)

Beijos

http://asrrosasnaofalam.blogspot.com

Luis F disse...

" FALAVAM-ME DE AMOR

Quando um ramo de doze badaladas
se espalhava nos móveis e tu vinhas
solstício de mel pelas escadas
de um sentimento com nozes e pinhas

menino eras de lenha e crepitavas
porque do fogo o nome antigo tinhas
e em sua eternidade colocavas
o que a infância pedia às andorinhas.

Depois nas folhas secas te envolvias
de trezentos e muitos lerdos dias
e eras um sol na sombra flagelado.

O fel que por nós bebes te liberta
e no manso natal que te conserta
só tu ficaste a ti acostumado."
Natália Correia

Para ti e para os teus, um excelente 2009

Com amizade
Luis F

Xana disse...

Obrigado, pelas vossas visitas pelo carinho que têm demonstrado.
BOM ANO NOVO A todossssss

Adriana Alves disse...

ola. Vim cá só deixar o meu ultimo registo de 2008 e desejar um 2009 cheio de alegria, paz e amor com muito dinheirinho no bolso claro :-D Beijo e um bom ano