segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Hoje à noite






Hoje à noite, vou-me alindar
e cheiros mil vou ter.
Óleo na pele passar,
e as fantasias conter.


Ao toque sentirás
suavidade e desejo.
E tua língua percorrerá
meu corpo num longo beijo.


Momentos para sonhar,
embriagados pelo amor.
Corpos quentes que só de olhar
se incendeiam com calor.


Harmonioso e divino tango,
que te possui e enlouquece.
Sacias-me a sede que trago
nos lábios que te aquece.


Mulher e menina sou,
que se arrepia e treme
que se envergonha e sonha.
Mulher e menina que espera
o beijo, o carinho
o amor e o prazer.
Mulher e menina que
te espera e,
se vai alindar para ti!




(escrito por mim)


Enviar um comentário