quarta-feira, 1 de abril de 2009

Entre...

Entre o nascer e o pôr do sol...há uma infinidade de tempo.
Entre o cair da noite e o levantar do dia...há a falta do aconchego.
Entre o despir e o vestir...há a falta do olhar de desejo.
Entre as paredes e eu...há a falta do teu cheiro.
Entre ti e mim...há um longínquo caminho que nos separa.

mas quando voltas...

O tempo parece curto,
O aconchego é terno e doce,
O olhar me faz arrepios,
O cheiro se entranha em mim
E mais nada nos separa.

(escrito por mim)
Enviar um comentário