segunda-feira, 4 de maio de 2009

Suspensa no tempo



Enfiada neste vestido de papel,

amachucado pelo tempo,

sinto que parte de mim está lá.

Fixa e inerte,

somente lá.

Pendurada e sozinha,

observo e espero,

que alguém me vista,

aqueça as minhas mãos

e me corte o fio

que me mantém suspensa.

(escrito por mim, imagem)

15 comentários:

Nela disse...

Como sempre adorei o que escreves-te, sem palavras...boa semana beijitos.

Eu disse...

Muitas vezes o "fio" que nos mantém suspensas, é o da Esperança!
Beijinhos amada amiga!!
Elida

Leka disse...

Xana,

Que lindo!!!!!
Minha amiga é poderosa!!!
Hehehehheh

Agora estou seguindo o seu blog, portanto, costume-se, estarei sempre que possível por aqui!!!
Uma semana iluminada, amada..

Andrea B. disse...

Lindo Xana...li, reli, propício para meu momento...;)...muito obrigada por suas carinhosas palavras, estou me refazendo e voltando aos poucos...e colocando tbm a mudança em ordem...rs...mas aos poucos td fica em seu devido lugar...

Bjos pra ti, sempre muito bom ler você

Liar disse...

Corta o fio Xana!

Lindo adorei!

Bjinho

Céci ((*_*))

Angela Guedes disse...

Oi Xana!!!
Muito lindo esse poema!
Tão perfeito!!
Ele é todo sonhador
Amei...
Beijos
Ângela

Tatiana disse...

Emocionei ao ler!

Vim apreciar e lhe trazer o meu carinho

Beijos

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Intenso... Tocante... Marcante, Xana.
AInda contemplo tuas palavras em mim...
Beijos e borboleteios

Dois Rios disse...

Muitas vezes esse alguém está do nosso lado, minha linda amiga. Basta estendermos as mãos para que ele corte o fio e as aqueça.

Beijos,
Inês

MafaldaMacedo disse...

Que bonito !

Franzé Oliveira disse...

Bonito.
Bjos.

Pó de Estrela disse...

Quem disse que o tempo tem tempo?
E quanto tempo o tempo tem?

Xana, quando não sabemos os quantos...o melhor é transformar os fios em contas e deixar-nos "pingar" nesta estrada às vezes dura ,mas que perdura!

também a mim me custa cortar o fio.
Beijinhos
Quica

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Olha,
a palavra parada;
Luta,
por letras ocultas;
Ouça,
os versos internos
Solta,
a nudez poética;
Escreva-se,
poesia
ao menos um dia,
Seja.

(Maísa)

Desejo uma linda semana com muito amor, esperança e carinho.
Abraços.
Eduardo Poisl

Nely disse...

Haverá sempre alguém que corte o fio e braços á tua espera para te recolherem.
"Suspensa" pelo isolamento ou esquecimento, tenho a certeza que nunca estarás.
Beijinho amigo.
Nely.

Xana disse...

Nela, obrigado princesa pelas tuas palavras :)
beijinhos
****
Elida,a esperança é a ultima que morre , não é amiga?
beijo grande

***
Leka,o poder está nas acções dos homens ;)
beijocas e obrigado
***
Andrea, espero bem que sim minha querida, beijinhos muitooos
***
Liar...eu corto sempre que posso, mas e se um dia caio? ;)
prefiro ter a certeza que alguém está em baixo para me amparar, como até hoje tem estado
beijinhos
****
Angela , os sonhos são o comando da vida :)
beijinhos

***
Tatiana, obrigado pela tua visita e pelas tuas palavras que tanto me encheram o ego ;)

Beijo

***
Brunella, ainda bem que gostaste, adoro que assim seja :), fico feliz!!
beijinhos meus
***
Inês, e eu não sei disso? :)
obrigado pelas tuas palavras de incentivo , beijinhos

****
Mafalda, obrigado princesa da mamã!
bjokinhas
`***
Franzé, obrigado pela visita :)
fica bem e um grande abraço

****
Quica, o tempo é infinito, mas para nós não, por isso temos de o aproveitar bem :)
Obrigado pela visita e comentário
beijos

***
Obrigado Eduardo, beijo!

***
Nely, minha amiga o teu carinho é imenso e agradeço a tuas palavras :)
beijinhos