quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Meu AMOR


Quando quero falar
estás presente e ouves.
Quando quero gritar
não tapas os ouvidos.
Quando quero ouvir
dizes doçuras e verdade.
Quando quero um beijo
arrepias a minha alma.
Quando tenho medo
me proteges.
Quando quero chorar
limpas minhas lágrimas.
Quando quero carinho
aninhas o meu corpo no teu.
Quando quero amar
só tu sabes, e ficamos um só.

(escrito por mim)



Enviar um comentário