quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Recomeçar


(imagem da net)

Leve a transparência da vida,
Pesado o tom do teu andar,
Triste a delicadeza do olhar,
Tonta a minha vontade de ficar,
Cego o caminho que percorremos,
Coalhado e aflito o nosso amor,
Certa e segura a aflição,

Morta de dor recomecei.


( escrito por mim)

Enviar um comentário