sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Hoje foi dia ...

(imagem da net)

Há muito que não me olhava ao espelho,
hoje foi dia...
deparo-me com caminhos difíceis,
estradas de trabalho,
traços de desgosto,
ribeiros de alegria e amor,
vincos que não esqueço de tão fortes que foram.
Senti uma paz de dever cumprido,
um silencio que me iluminava o rosto,
um sopro que inundava a minha tez,
outrora sedosa e jovial.
E apesar das lágrimas que cobriam o rosto,
consegui ver ainda a menina de franja,
que cabriolava pelos campos da Ericeira.
(escrito por mm)


Enviar um comentário