quinta-feira, 3 de abril de 2014

Lágrima



E foi no mar dos teus olhos que vi a imensidão do teu amor.

( imagem da net)

2 comentários:

Vieira Calado disse...

Simples, incisivo, leve... e já está?
E para quê mais?
Beijinhos!

Xana disse...

Obrigada, por vezes é melhor ser assim mesmo, nada de complicar :)